Fique por dentro de
novos assuntos e dicas aqui
no Blog C&C.

Conheça mais sobre fios e cabos elétricos

Veja tudo que você precisa saber sobre fios e cabos elétricos.

Para quem está construindo, reformando ou pretende fazer alguma nova instalação, é fundamental entender mais sobre fios e cabos elétricos. Especificidades, funcionalidades, diferenças e saber também como escolher.

A C&C separou tudo o que você precisa saber sobre fios e cabos elétricos para acertar em sua obra. Confira!

Qual a diferença entre fio e cabo?

Quando falamos em fiação, as pessoas se confundem muito entre os termos “fio” e “cabo”, pois não têm conhecimento sobre as principais diferenciações entre esses dois tipos. E isso é muito normal, pois não faz parte do nosso dia a dia.

No geral, ambos são condutores elétricos, mas o que os difere é a finalidade para qual são utilizados.

Mas, para reformar ou construir, precisamos nos informar corretamente sobre. Vamos começar pela diferença entre eles?

Fios elétricos

O fio elétrico refere-se a um único fio condutor. Justamente por essa singularidade, ele tem uma estrutura mais rígida e não deve ser dobrado, pois pode facilmente se partir e interromper a corrente elétrica.

Cabos elétricos

Os cabos elétricos, por sua vez, são formados por vários fios entrelaçados, tornando-o muito mais flexível e com muito mais dificuldade para se romper quando comparado ao fio. Sua capacidade de condução de corrente elétrica é proporcional ao seu tamanho em milímetros.

Os tipos de cabos para cada finalidade

É importante ressaltar que cada tipo de cabo tem uma finalidade para a qual é utilizado. São as principais:

  • Cabos de energia: esses cabos são utilizados para transmitir a corrente elétrica para toda a casa a partir de um ponto principal. Eles apresentam diversas espessuras e também cores — essas para identificar voltagens, fios neutros, positivos e negativos.
  • Cabos de telefonia: os cabos de telefonia normalmente são classificados de acordo com a quantidade de vias que apresenta. Como o nome sugere, são utilizados para conduzir energia para os aparelhos telefônicos.
  • Cabos de informática: esse tipo de cabo é responsável pela conexão do computador ou notebook à rede de internet do ambiente. O modelo varia de acordo com o tipo de conectividade disponível para a residência.
  • Cabo para antena e televisão: os cabos para antena transmitem os sinais das emissoras para a televisão. Além disso, existem os cabos próprios para os aparelhos, como o HDMI, por exemplo.
  • Cabo de som: aqui, o cabo conecta o aparelho de som à caixa, transmitindo a sonoridade.

Qual cabo elétrico usar em uma instalação?

Para definir o tipo ideal de cabo elétrico para usar em uma instalação devemos considerar os seguintes fatores:

  • Saber qual a capacidade de corrente que o condutor elétrico suporta;
  • Identificar qual a corrente nominal do circuito elétrico para escolher condutores elétricos que possuam a seção para suportar a corrente;
  • Definir o que vai ligar em cada tomada para não sobrecarregar com a carga elétrica.

No que diz respeito à espessura dos cabos, ela deve ser diferente de acordo com sua utilização. Quanto maior a potência que o aparelho exigir para conduzir corrente elétrica, maior sua espessura.

 

O que representam as cores dos cabos

Você já deve ter se perguntado o que representam as cores dos cabos elétricos, certo?!

A principal razão deles apresentarem cores variadas é a diferenciação da aplicabilidade de cada fio ou cabo, visando garantir a segurança e bom funcionamento. No Brasil, as cores dos revestimentos estão de acordo com a função do condutor. Confira as especificações:

  • Azul claro: indicados para condutores neutros com isolação e não possuem tensão elétrica, apenas fazem a corrente fluir;
  • Verde/verde com amarelo: conhecidos como “fio terra”, são utilizados para conduzir proteção.
  • Vermelho, preto ou marrom: para condutores fase, logo possuem carga.

O que você precisa saber sobre a manutenção de fios e cabos elétricos

Dentre as dúvidas mais frequentes no que diz respeito a fios e cabos elétricos, podemos destacar a manutenção. “Como fazer”, “de quanto em quanto tempo fazer”, “quanto vou gastar” são as principais delas. Vejamos:

Como fazer?

Em primeiro lugar é fundamental saber que, sem um bom profissional, você não deve pensar em iniciar sua manutenção. Isso porque é uma atividade de risco que precisa ser executada por mãos especializadas. No geral, você pode tomar cuidados e boas práticas preventivas, sempre atento à alguma anormalidade nas instalações.

De quanto em quanto tempo devo realizar essa manutenção?

As manutenções de fios e cabos elétricos devem ser realizadas, ao menos, de 10 em 10 anos. No entanto, independente desse período, você deve procurar por um especialista ao primeiro sinal de problemas. Não adie algo tão importante para sua própria segurança.

Quanto vou gastar?

 

O que vai determinar o valor a ser investido na manutenção elétrica são os problemas que forem diagnosticados. É sempre muito válido fazer um orçamento com pelo menos três profissionais, caso ainda não tenha um de confiança.

Além disso, você também precisará de alguns materiais para instalação como fita isolante, corta-fio, alicate, por exemplo, além dos serviços de mão-de-obra.

Material elétrico é na C&C

Para construir, reformar ou fazer manutenção de material elétrico, conte conosco — tudo que você precisa com a melhor qualidade e em até 12x sem juros com o cartão C&C. Confira as condições!

Produtos que você visitou