Fique por dentro de
novos assuntos e dicas aqui
no Blog C&C.

Como proteger as paredes de infiltrações

Confira as dicas que a C&C preparou para você!
  Como proteger as paredes de infiltrações

Uma das grandes preocupações para quem está construindo uma casa deve ser com a impermeabilização dos muros e paredes, a fim de evitar a infiltração de água proveniente da chuva ou outras fontes.

Esse é um problema que pode causar a deterioração das argamassas e da pintura, bem como o surgimento de mofo e fungos prejudiciais à saúde. Além do mais, pode afetar diretamente na desvalorização do imóvel.

Quer saber como proteger sua casa das terríveis infiltrações? Confira as dicas que preparamos para você!

Origem da infiltração

O primeiro passo é identificar a origem da infiltração e tentar neutralizá-la, pois não adianta fazer o reparo sem a neutralização. Isso pode abrir brechas para que a infiltração volte a aparecer.

Mas como diagnosticar a origem do problema? Normalmente, a infiltração aparece como manchas permanentes devido ao rompimento de tubulações, gotejamento, manchas próximas ao forro ou ao piso, degradação dos materiais de revestimento, descolamento de rebocos, desgaste de pintura ou ainda manchas nos peitoris das janelas.

Lajes

As lajes sem proteção são uma das maiores causas de infiltração e umidade. Quando não recebem tratamento de impermeabilização adequado, causam problemas graves em outros elementos da estrutura, e não somente na própria laje. A infiltração em um local como esse pode causar exposição e corrosão da armadura das lajes, além de mofo, bolor e até descascamento da pintura.

Calhas

Em uma casa, o ideal é que os telhados sejam sempre regulares, dispensando a necessidade de calhas. Isso porque elas normalmente são soldadas e, muitas vezes, com a ação do tempo a solda pode trincar, dando espaço para a penetração de água.

No entanto, é comum que algumas residências possuam telhados irregulares, o que torna necessário o uso das calhas. Nesses casos é essencial estar sempre atento à possibilidade de vazamentos. O cuidado mais indicado é vedar a trinca com massa de silicone.

Como resolver?

Quando detectada a causa, o recomendado é fazer o reparo com a maior urgência possível, para evitar que o problema comece a danificar os móveis ou então os revestimentos, que podem se desprender conforme a umidade.

Quando o problema é nas paredes, é preciso descascar todo o revestimento e refazê-lo com aplicação prévia de produtos impermeabilizantes misturados à massa.

Também é importante saber que os problemas causados pela umidade podem estar presentes em todas as fases da vida de uma edificação. Agora, quando o problema é vazamento nos canos é necessário a quebra da parede no local afetado para fazer a substituição do ponto danificado.

O básico sobre impermeabilização

Existem diversos tipos de impermeabilização e cada uma é destinada a um uso, conforme o espaço. Ela deve acompanhar a movimentação normal que ocorre em paredes e pisos, pois do contrário pode se soltar e criar aberturas por onde a água passa. Quando feita de forma adequada, os custos da impermeabilização atingem, em média, 2% do valor total da obra.

Agora, quando realizada, depois de serem constatados problemas com infiltrações na edificação já pronta, seu custo pode chegar até a 10% do valor da obra.

Quando falamos sobre impermeabilizantes, podemos dividi-los em dois grupos: rígidos e flexíveis. Chamamos de impermeabilizantes rígidos, produtos como: argamassas impermeabilizantes, cimentos poliméricos, resinas epóxi e cristalizantes. O recomendado é que esses materiais sejam aplicados nas partes mais estáveis da construção - onde trincas e fissuras aparecem com menor frequência. Fundações, pisos internos em contato com o solo, contenções e piscinas enterradas pedem a aplicação desse tipo de impermeabilizante.

Já os impermeabilizantes chamados flexíveis são as mantas e membranas asfálticas, mantas de PEAD, PVC e EDPM e membranas de poliuretano. Levam esse nome por possuírem uma flexibilidade considerável. A aplicação desse material pode ser feita em estruturas sujeitas a movimentações, vibrações e variações térmicas.

Paredes

Qualquer aplicação de sistemas de impermeabilização é muito mais fácil durante a construção. No caso das paredes, o ideal é acrescentar aditivos impermeabilizantes na argamassa de reboco. Os aditivos são materiais compostos de polímeros vinílicos e devem ser misturados no momento de preparo da argamassa. Uma outra alternativa para as paredes é utilizar uma tinta antimofo.

Já para as paredes, existe uma outra técnica feita com um produto chamado Vedapren (que você pode encontrar aqui na C&C), bem como alguns outros similares a ele. Aplicado antes da pintura, ele cria uma camada elástica sobre a parede evitando, assim, a penetração da água da chuva. Ele é muito eficiente e realmente ajuda a evitar que a parede fique molhada e, consequentemente, retenha a água em forma de infiltração.

Vigas Baldrames

 

Uma vez que as vigas baldrames estão em contato direto com o solo e as paredes em contato direto com as vigas, a impermeabilização dessa etapa é de extrema importância. Feita com tinta asfáltica, a superfície deve estar limpa, livre de pó, graxas, óleos e desmoldantes. As fissuras e buracos também devem ser previamente tratados. O recomendado é que a aplicação do produto impermeabilizante seja feito em camadas, intercaladas conforme a orientação do fabricante.

Lajes

As lajes estão propensas a receber a chuva diretamente, por isso devem receber uma atenção especial.  Quando o assunto é impermeabilização dessas superfícies existem diversas opções, sendo as mais comuns os materiais asfálticos, como por exemplo a manta asfáltica. Uma outra alternativa bem eficaz é o poliéster flexível — ideal para lajes com trânsito.

Qual é a eficácia dessas impermeabilizações?

Tudo depende da maneira com que a aplicação foi realizada e das condições do local. Se tudo for feito dentro dos parâmetros estabelecidos, a eficácia é alta. A dica é sempre seguir as recomendações do fabricante.

É preciso refazer a aplicação?

Se ela foi feita com Vedapren, o recomendado é fazer uma nova aplicação depois de alguns anos. Na verdade, ele continua sendo eficiente, mas, como em todo processo de pintura, é bom reforçar para garantir um melhor resultado.

Agora que você já sabe tudo sobre as infiltrações (e o melhor: como combatê-las) acesse a nossa categoria de materiais de construção e adquira tudo o que falta na sua reforma!

Compre na C&C

Impermeabilizante Tecplus Top Cinza 18kg Impermeabilizante Tecplus Top Cinza 18kg
Fita Impermeabilizante Multiuso Autoadesiva Viaflex 94cm com 10 Metros Aluminizada Fita Impermeabilizante Multiuso Autoadesiva Viaflex 94cm com 10 Metros Aluminizada
Argamassa Impermeabilizante Vedatop para Rodapé 3kg Cinza Argamassa Impermeabilizante Vedatop para Rodapé 3kg Cinza
Tinta Impermeabilizante Vedapren Parede Branco 20 Litros Tinta Impermeabilizante Vedapren Parede Branco 20 Litros
Fita Impermeabilizante Autoadesiva Viaflex Pró 5cm com 10 Metros Aluminizada Fita Impermeabilizante Autoadesiva Viaflex Pró 5cm com 10 Metros Aluminizada
Argamassa Impermeabilizante Vedatop Flex 12kg Cinza Argamassa Impermeabilizante Vedatop Flex 12kg Cinza
Impermeabilizante para Parede Branco 3,6kg Impermeabilizante para Parede Branco 3,6kg
Manta Asfáltica Aluminizado com Filme Poliestireno Viaflex Manta Asfáltica Aluminizado com Filme Poliestireno Viaflex
Manta Asfáltica Lage Glass 3mm com 10 Metros Manta Asfáltica Lage Glass 3mm com 10 Metros
Impermeabilizante Vedapren Parede Branco Galão 3,6litros Impermeabilizante Vedapren Parede Branco Galão 3,6litros
Tinta Acrílica Chega de Mofo Branco 3,6 Litros Tinta Acrílica Chega de Mofo Branco 3,6 Litros
+ ver mais produtos

Produtos que você visitou