Fique por dentro de
novos assuntos e dicas aqui
no Blog C&C.

Cimento queimado: tudo o que você precisa saber para usá-lo na sua decoração

Descubra tudo sobre essa tendência e como aplicá-la em sua decoração
  Cimento queimado: tudo o que você precisa saber para usá-lo na sua decoração

Democrático e versátil, o cimento queimado é um revestimento que se adapta aos mais diversos estilos de decoração. Sua aparência rústica é ideal para criar espaços elegantes, sofisticados e muito modernos. Além disso, quando falamos de custo-benefício, o cimento queimado sai à frente de qualquer outro revestimento.

Se você está pensando em apostar no cimento queimado para revestir a sua casa, mas ainda tem muitas dúvidas sobre o material, não se preocupe! Nós preparamos algumas dicas bem bacanas sobre o revestimento e também sobre seu o processo de aplicação. Confira!

O que é?

A tendência de usar o cimento queimado nos projetos de decoração veio para ficar. Mas, afinal, do que se trata esse revestimento? O cimento queimado é uma argamassa feita através da mistura de cimento, areia e água que, depois de pronta, é aplicada sobre um contra piso ou um lastro de concreto áspero, com uma espessura média de 30mm.

Depois da mistura já aplicada acontece o processo de “queima”, que consiste em jogar pó de cimento sobre a massa ainda fresca para posteriormente nivelar a superfície com uma desempenadeira de aço. Isso permite que o pó adquira seu aspecto nivelado após ser devidamente espalhado.

Basicamente existem dois tipos de cimento queimado: as misturas prontas ou aqueles preparados seguindo “receitas caseiras”. Os dois tipos precisam ser selados e impermeabilizados, isso porque o material é muito poroso — logo, é importante aplicar a resina impermeabilizante a cada cinco anos.

Como aplicar?

Quando o assunto é aplicação, o mais indicado é buscar uma mão de obra especializada — assim você reduz as chances de defeitos como manchas, rachaduras e infiltrações. Quando finalizado, o revestimento de cimento queimado ganha um aspecto manchado, que é seu grande charme.

Para que o resultado final não seja comprometido, o cimento queimado não deve ser aplicado sobre outros tipos de revestimento. É muito importante que o contra piso esteja totalmente limpo e livre de umidade e nivelado. Todos esses cuidados irão fazer toda a diferença na base que ajuda a regularizar o revestimento.

Onde usar o cimento queimado?

Como falamos anteriormente, o cimento queimado é um revestimento muito democrático. Normalmente é associado a um estilo industrial e urbano, mas com um pouco de criatividade pode funcionar muito bem com outros estilos de decoração.

Piso

O piso de cimento queimado - é uma das aplicações mais tradicionais, perfeitas para criar um ambiente em estilo rústico e ao mesmo tempo dar um toque de modernidade ao local.

A grande vantagem está no fato de ser aplicado uniformemente em todo contrapiso, sem rejuntes. Sem falar no custo benefício, pois é muito mais barato do que a maioria dos porcelanatos.

Quando aplicada por uma mão de obra especializada, a durabilidade desse tipo de piso é alta. Em ambientes como o quarto, a escolha do piso dá uma atmosfera moderna mesclado a outros elementos como a madeira. A idéia aqui é criar uma sensação de aconchego, misturando o quente com o frio.

Em ambientes como a sala, o cimento queimado proporciona um estilo mais despojado. O truque é combinar com cores claras para criar uma decoração mais clean. Na cozinha também funciona muito bem, sendo um tipo de piso fácil para limpar.

Parede

Na parede é também uma ótima opção de revestimento. Ao invés de usar textura ou papel de parede, o cimento queimado pode ser uma opção mais em conta para dar aquele charme a mais no ambiente.

O revestimento garante visual similar e de grande durabilidade, além de ter a vantagem de poder ser utilizado dentro do box e em áreas molhadas em geral. No momento da aplicação é preciso deixar uma distância mínima entre as peças e usar rejunte de mesma cor para dar impressão de continuidade.

Bancadas

Que tal inovar e fugir das bancadas de granitos? É possível usar o cimento queimado além do piso e da parede. O resultado fica super moderno e permite combinações com diferentes estilos de decoração.

Banheiros e Lavabos

Banheiros e lavabos pedem um charme a mais! Uma dica muito importante para locais como estes é que, caso utilize-os como uma bancada, é muito importante fazer a impermeabilização dessa área, fechando os poros e evitando que ela absorva água.

Tipos de cimento queimado

Não é à toa que esse revestimento agrada a todos os gostos. Você já percebeu que é possível encontrar cimento queimado para todos os estilos decorativos, não é mesmo?

Que tal branco?

Se você quer fugir daquele estilo mais industrial e rústico de reboco, a técnica do cimento queimado branco é uma boa alternativa.

Para deixar no efeito de cor mais clara é necessário usar pó de mármore ou granito. A tonalidade vai depender muito da quantia que for utilizada — normalmente fica um efeito mesclado, dando um charme a mais ao revestimento.

Colorido

Outra técnica bem interessante é usar pigmentos coloridos. A ideia é criar diferentes tons harmonizando com a sua proposta decorativa. Se você quiser ousar é possível optar por cores mais vibrantes como o vermelho ou o azul. Para quem gosta de uma linha mais clean, uma boa opção é deixá-los em tons mais escuros, como preto e chumbo.

Gostou de saber um pouco mais sobre o cimento queimado e como aplicá-lo à sua decoração? Então não deixe de conferir os melhores materiais para sua reforma e construção.

Mas se você não quer passar por todo esse processo, você pode usar o porcelanato que imita o cimento queimado.

Produtos que você visitou