Voltar

Bomba d´agua

Categoria: Construção

 
 

A escolha do sistema de bombeamento de água deve levar em conta vários quesitos: o diâmetro e a profundidade do poço, a qualidade da água, os custos iniciais/manutenção e a potência requerida.

 
Passo 1

O que fazer: A preservação da qualidade da água e a vida útil de um poço estão diretamente relacionadas à escolha da bomba adequada.


 
Passo 2

O que fazer: A bomba injetora é uma bomba centrífuga horizontal com um dispositivo (ejetor ou injetor) instalado nas tubulações de sucção e de retorno, submerso no poço.


 
Passo 3

O que fazer:  A bomba centrífuga tem limitações, pois a altura do poço de água não deve ultrapassar mais de oito metros lineares.


 
Passo 4

O que fazer: A bomba submersa é o tipo ideal e de maior rendimento para poços de qualquer profundidade.


 
Passo 5

O que fazer: Algumas características de uma bomba:
Q= vazão, H= altura manométrica, h= rendimento, P= potência
.


 
Passo 6

O que fazer: Dentro da bomba, no interior da carcaça, a energia de velocidade é transformada em energia de pressão, o que possibilita o líquido alcançar o ponto final do recalque.


 
Passo 7

O que fazer: Num corte esquemático de uma bomba, encontramos: flange de pressão, alimentação interna  do canal, canal alimentação do cadeado, anel centrifugador, vareta de nível do óleo, eixo, acoplamento com eixo do motor, retentor, tampa do rolamento, rolamentos, saída de gotejamento, suporte, aperta gaxetas, cadeado, rotor, corpo espiral, flange de sucção, porca do rotor, anel de vedação.


 
Passo 8

O que fazer: O rendimento de uma bomba é a relação entre a potência fornecida pela bomba ao líquido (potência útil) e a cedida à bomba pelo eixo girante do motor (potência motriz).


 
Fontes:

http://www.fazfacil.com.br/reforma_construcao/hidráulica_bomba.html
 

A C&C recomenda: procure sempre a orientação de profissionais especializados para realizar os serviços.